terça-feira, 30 de julho de 2013

Estrutura Capilar: Anatomia do Cabelo

Olá meus amores! 

Resolvi fazer um resumo de tudo aprendi sobre a estrutura capilar. 

Compreendendo a estrutura capilar fica mais fácil entender onde cada tratamento age e que resultado esperar. Facilitando assim a escolha do tratamento adequado ao seu tipo de cabelo e dano.


Anatomia / Estrutura Capilar



A parte dos cabelos que vemos  é a haste fibrosa.
Temos em média entre 90 a 150 mil fios de cabelos. Eles crescem cerca de 1,5 cm ao mês e perdemos entre 50 a 100 fios diários.

Haste Fibrosa ou Fio



O fio do cabelo origina-se dentro do folículo piloso, onde se encontra o bulbo ou raiz. A alimentação dos fios acontece na papila, através da circulação sanguínea, que nutrem as células germinativas e assim estas células se reproduzem continuadamente e originam o fio de cabelo.
Ele é formado por células mortas compostas de uma proteína chamada queratina. A queratina é produzida por células vivas (únicas do cabelos que são vivas) chamada queratinócidos que estão no bulbo dentro da derme (couro cabeludo). Um dos componentes da queratina é um chamado aminoácido cisteína que contém alto teor de enxofre (só pra guardar esta informação falaremos sobre ela em posts futuros pois a cisteína ou cistina tem relação direta com as pontes de dissulfeto pontes que precisam ser rompidas para se dar o alisamento do cabelos como nas progressivas.).
Os cabelos compõem-se 90% da proteína queratina que contém, na sua estrutura, 18 aminoácidos, 8% de água, lipídeos, pentoses, glicogênio e ácido glutâmico, e 2% dos minerais de ferro, cobre, zinco, alumínio e cobalto.

Durante seu crescimento ele é envolto pela secreção das glândulas sebáceas. Estas são as responsáveis pela lubrificação dos fios, funcionam como uma capa protetora, além de permitir brilho e suavidade ao fio. Cada fio possui raiz e haste.
A cor do cabelo é definida por outra proteína chamada melanina produzida por células chamadas melanócitos que estão junto da papila parte onde ocorre a reprodução celular (crescimento). Falaremos em posts futuros sobre melanina e a cor dos cabelos e sobre os ciclos de crescimento.

A haste fibrosa é composta por três partes fundamentais: Medula, Córtex e Cutícula.

Medula Parte central, interior do fio. Não se sabe ao certo sua função. É a única parte que está em contato como bulbo capilar (única parte viva dos cabelos) e que tem contato com a corrente sanguínea.

Córtex Meio.Composta de feixes de queratina repletos de grânulos de melanina (que confere cor aos cabelos) e unidos por uma cola biológica. O Córtex é responsável pela resistência e elasticidade dos cabelos. Maior parte do cabelos cerca de 90%. Quando a parte mais externa do fio sai (cutícula) o cortex fica exposto e os fios quebram.

Cutícula Parte mais externa do fio. Não tem cor. São de 5 a 10 camadas como escamas sobrepostas umas sobre as outras formando uma superfície plana. São queratinizadas e com altas concentrações de enxofre.As escamas são unidas por ceramidas (lipídeos intercelulares). Sua função é proteger o Córtex e a Medula. Proteção contra influências externas. Quando estão bem alinhadas e fechadinhas (se parecem com escamas de peixe) refletem melhor a luz e consequentemente confere brilho aos cabelo.
A cutícula quando agredida ocasiona alterações na saúde do fio, como pontas secas e duplas, cabelo seco e quebradiço, alteração na cor, queda, etc. 
Isto ocorre principalmente por Ações Mecânicas como ato de escovar, pentear, secar e por Ações Químicas como descoloração, tintura, permanente, alisamentos, etc e por Ações de Agentes Externos como sol, poluição, vento, poeira, água com cloro, ar condicionado.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...